Um breve relato pessoal sobre home office

25/09/2020 | Nenhum comentário

O sonho de trabalhar remoto surgiu nos idos de 2015 e ganhou força após a leitura de alguns livros sobre produtividade e desenvolvimento pessoal, especialmente o livro “Essencialismo – A Disciplinada Busca por Menos” em 2017. Este livro me ajudou em vários aspectos, mas o principal deles foi me direcionar sobre quais são minhas prioridades, e entre essas prioridades detectadas, notei que o uso mais eficiente do tempo era algo que eu precisava buscar implacavelmente.

Trabalhando em Belo Horizonte, eu gastava em média quatro horas do meu dia em trânsito, ou seja, eram quatro horas a menos para poder estudar algo, fazer exercícios e outras atividades. Eu buscava ler no ônibus, algo que amenizava o prejuízo, mas ainda sim, não resolvia o fato de que eu perdia quatro horas do meu dia e não tinha nada que eu podia fazer. Diante dessa “situação problema”, trabalhar em casa passou a ser minha obsessão.

Como primeiro passo rumo a realização do sonho, em 2017 fiz um investimento considerável para transformar um quarto vago no meu apto em um escritório, sendo que este me foi útil desde então para otimizar meu tempo de estudo, pois é sabido que ter um lugar separado para tal gera ótimos resultados quando falamos de produtividade.

Outro passo fundamental foi deixar bem claro na minha mente que: por melhor que uma vaga de emprego seja, meu desejo real era trabalhar remoto para desfrutar do escritório montado e dos benefícios que até então eu esperava. Isso não quer dizer que eu recusei vagas, até porquê nesse intervalo entre 2017 e 2019 vivi uma situação de desemprego e outros imprevistos mais.

Em 19 de Agosto de 2020 completei um ano de trabalho na Meta e 100% remoto e a experiência tem sido muito melhor do que previ. Ganhar quatro horas do meu dia me permitiu ler meus livros com mais qualidade (sofá da sala é muito melhor que o “busão”), fazer mais exercícios, comer melhor e consequentemente perder peso, viver menos cansado, passar mais tempo em família e poder cuidar melhor da minha saúde espiritual. Todos estes pontos já eram cuidados antes, mas ter mais tempo para tal fez o Flávio de hoje totalmente diferente e mais feliz que antes de 19 de agosto de 2019. O ganho de produtividade em minhas atividades é a cereja do bolo nessa experiência, pois diante de tantos benefícios, trabalhar mais e melhor foi apenas um bom “efeito colateral”.

Na pandemia, trabalhar em casa deixou de ser um privilégio de poucos e passou a ser algo comum, e sei que para muitos, o trabalhar em casa não se traduz como algo positivo, mas no meu panorama em que possuo um ambiente próprio para trabalho, não tenho filhos e não fico sozinho em casa (minha esposa também trabalha home office), a experiência tem sido o paraíso na Terra.

Diante desse breve relato, só tenho uma coisa a dizer : Home office não é a bala de prata que resolverá todos problemas do mundo, mas se você assim como eu entende que o tempo é um tesouro que devemos remir e usá-lo de forma inteligente, recomendo que busque sua solução para tal e trabalhe arduamente para alcançar seu objetivo, pois a alegria de um sonho realizado nada neste mundo pode pagar.

Home Office para mim foi o caminho para uma vida mais feliz, espero que você também encontre o seu.

Imagem thumbnail: https://www.google.com/url?sa=i&url=https%3A%2F%2Fwww.ten2two.org%2Fwork-from-home%2F&psig=AOvVaw0nw9cDSK-nIGEcSl1zWeTd&ust=1601145107967000&source=images&cd=vfe&ved=0CAIQjRxqFwoTCLjtjMT4hOwCFQAAAAAdAAAAABAD

Tags:, , , , ,

Deixe seu comentário